Global Partners

ACESSAR O SISTEMA

NOTÍCIAS

Os segredos do sucesso da dupla Munger e Buffett

Munger continuou: As pessoas avaliam cronicamente mal os limites de seu próprio conhecimento; é uma das partes mais básicas da natureza humana.


A Berkshire Hathaway vale hoje US$ 337 bilhões. À esq., Charles Munger, vice-presidente do conselho, e o sócio Warren Buffett Associated Press

 

Por que cerca de 250 investidores foram para Los Angeles, no último fim de semana, ouvir um homem de 90 anos discursar na assembleia anual de uma minúscula empresa de publicações jurídicas e software? Para ouvir Charles T. Munger, braço direito de Warren Buffett, falar sobre um de seus investimentos menos conhecidos e sobre praticamente todo o resto.

Desde 1977, Munger, o vice-presidente do conselho de administração da Berkshire Hathaway, também é presidente de uma firma pequena e obscura chamada Daily Journal. Suas aparições públicas são tão raras e seus comentários tão divertidos e esclarecedores que os investidores viajam de lugares tão distantes como Alabama, Massachusetts, Minnesota e Ontário para ouvi-lo falar.

Eles não ficaram desapontados. Munger falou por duas horas quase sem parar, criticando o setor financeiro, aclamando o potencial econômico da China e, sobretudo, distribuindo conselhos e bom senso que podem beneficiar qualquer pessoa. Sua mensagem central: um investidor só consegue aproveitar todo seu potencial quando pensa por si próprio. "Se você mesmo é racional", disse ele à multidão, "a estupidez do mundo vai te ajudar".

O guru dos investimentos concedeu entrevista ao The Wall Street Journal depois da reunião. Aqui, trechos editados:

Munger considera a 3G Capital, a empresa brasileira que se uniu à Berkshire para comprar a H.J. Heinz, em 2013, e que tenta promover a fusão da rede de fast-foodBurger King Worldwide BKW +0.53% com a rede canadense de cafeterias Tim Hortons, como "provavelmente a melhor do mundo" em fazer "empresas funcionarem melhor a um custo menor".

"Enfim, acho que não fazemos um favor ao mundo ao empregar mais pessoas do que o necessário para operar empresas eficientemente", disse ele.

Em 2015, fará 50 anos que Buffett assumiu a Berkshire. Para esta data, Buffett está pedindo para Munger responder duas perguntas: "Por que a empresa funcionou? E vai continuar?"

As questões são "muito interessantes", disse Munger, "porque o resultado da Berkshire é realmente ilógico". Até mesmo ele fica um pouco perplexo com o fato de dois homens terem podido pegar uma mistura de fábricas têxteis em dificuldade, lojas de departamentos estagnadas e uma empresa de cupons de desconto e transformá-las na quinta maior empresa dos Estados Unidos, com um valor de mercado de US$ 337 bilhões.

"Como é que essa coisa acabou superando a GE?", perguntou ele. (A General Eletric tem um valor de mercado de cerca de US$ 260 bilhões.)

Primeiro, disse, outras empresas como a GE "têm um longo histórico de mover [os líderes de departamentos] internamente, e isso é como pedir para alguém que toca oboé se sentar ao piano durante uma sinfonia e esperar que a qualidade da música não sofra". Na Berkshire, os bons gestores ficam onde estão. Segundo, "acho que temos uma vantagem temperamental: Warren e eu sabemos mais do que ninguém o que a gente sabe e o que a gente não sabe. Isso é melhor do que ter um QI elevado".

Munger continuou: "As pessoas avaliam cronicamente mal os limites de seu próprio conhecimento; é uma das partes mais básicas da natureza humana. Conhecer o limite de suas competências é uma das coisas mais difíceis para o ser humano. Reconhecer o que você não sabe é muito mais útil na vida e nos negócios do que ser brilhante".

O executivo mencionou durante a assembleia que cerca de US$ 120.000 "entraram" na sua conta no início da semana, aparentemente de uma distribuição de uma conta de aposentadoria.

Ele disse que não vê nada que valha a pena investir neste momento e que pessoalmente não faz um investimento há pelo menos dois anos. Ele está esperando por uma pechincha irresistível.

"Uma pessoa me disse: 'Tenho uma lista de 300 ações potencialmente atraentes e eu as observo constantemente, esperando que uma delas se torne barata o suficiente para comprar'. Bem, é algo razoável de se fazer. Mas quantas pessoas têm esse tipo de disciplina? Nem uma em cem", disse ele.

Um investimento de sucesso, segundo Munger, requer "essa combinação maluca de sagacidade e paciência, e prontidão para agir quando a oportunidade se apresenta, porque neste mundo, oportunidades não duram muito". Munger mostrou ter esse conjunto de talentos em março de 2009, quando comprou 1,6 milhão de ações daWells Fargo WFC +0.37% para o Daily Journal. Elas valiam na época um total estimado de US$ 8,58 cada. A mesma ação está sendo negociada hoje em torno de US$ 51,70.

"Esperar ajuda você como investidor, e um monte de gente não consegue esperar", disse ele. "Se você não tem o gene que permite adiar a gratificação, você tem que trabalhar duro para superar isso."

Por quanto tempo ele e Buffett, de 84 anos, podem ainda conduzir suas empresas? "Nós estamos cercados por um monte de pessoas inteligentes que não hesitarão em nos ajudar a reconhecer [que é hora de se aposentar]", disse Munger. "Nós não teremos uma senilidade não diagnosticada."

"Em comparação com Warren, eu não tenho muito tempo, estatisticamente falando, de acordo com as tabelas de longevidade", disse ele casualmente.

Munger disse que, depois de falar com investidores por duas horas sem parar, presidiu uma reunião de conselho que durou pelo menos três horas. Homens da metade de sua idade estariam prontos para um cochilo, mas ele não mostrava nenhum sinal de desaceleração.

 


VoltarOrçamento

Os segredos do sucesso da dupla Munger e Buffett

Munger continuou: As pessoas avaliam cronicamente mal os limites de seu próprio conhecimento; é uma das partes mais básicas da natureza humana.

A Berkshire Hathaway vale hoje US$ 337 bilhões. À esq., Charles Munger, vice-presidente do conselho, e o sócio Warren Buffett Associated Press

 

Por que cerca de 250 investidores foram para Los Angeles, no último fim de semana, ouvir um homem de 90 anos discursar na assembleia anual de uma minúscula empresa de publicações jurídicas e software? Para ouvir Charles T. Munger, braço direito de Warren Buffett, falar sobre um de seus investimentos menos conhecidos e sobre praticamente todo o resto.

Desde 1977, Munger, o vice-presidente do conselho de administração da Berkshire Hathaway, também é presidente de uma firma pequena e obscura chamada Daily Journal. Suas aparições públicas são tão raras e seus comentários tão divertidos e esclarecedores que os investidores viajam de lugares tão distantes como Alabama, Massachusetts, Minnesota e Ontário para ouvi-lo falar.

Eles não ficaram desapontados. Munger falou por duas horas quase sem parar, criticando o setor financeiro, aclamando o potencial econômico da China e, sobretudo, distribuindo conselhos e bom senso que podem beneficiar qualquer pessoa. Sua mensagem central: um investidor só consegue aproveitar todo seu potencial quando pensa por si próprio. "Se você mesmo é racional", disse ele à multidão, "a estupidez do mundo vai te ajudar".

O guru dos investimentos concedeu entrevista ao The Wall Street Journal depois da reunião. Aqui, trechos editados:

Munger considera a 3G Capital, a empresa brasileira que se uniu à Berkshire para comprar a H.J. Heinz, em 2013, e que tenta promover a fusão da rede de fast-foodBurger King Worldwide BKW +0.53% com a rede canadense de cafeterias Tim Hortons, como "provavelmente a melhor do mundo" em fazer "empresas funcionarem melhor a um custo menor".

"Enfim, acho que não fazemos um favor ao mundo ao empregar mais pessoas do que o necessário para operar empresas eficientemente", disse ele.

Em 2015, fará 50 anos que Buffett assumiu a Berkshire. Para esta data, Buffett está pedindo para Munger responder duas perguntas: "Por que a empresa funcionou? E vai continuar?"

As questões são "muito interessantes", disse Munger, "porque o resultado da Berkshire é realmente ilógico". Até mesmo ele fica um pouco perplexo com o fato de dois homens terem podido pegar uma mistura de fábricas têxteis em dificuldade, lojas de departamentos estagnadas e uma empresa de cupons de desconto e transformá-las na quinta maior empresa dos Estados Unidos, com um valor de mercado de US$ 337 bilhões.

"Como é que essa coisa acabou superando a GE?", perguntou ele. (A General Eletric tem um valor de mercado de cerca de US$ 260 bilhões.)

Primeiro, disse, outras empresas como a GE "têm um longo histórico de mover [os líderes de departamentos] internamente, e isso é como pedir para alguém que toca oboé se sentar ao piano durante uma sinfonia e esperar que a qualidade da música não sofra". Na Berkshire, os bons gestores ficam onde estão. Segundo, "acho que temos uma vantagem temperamental: Warren e eu sabemos mais do que ninguém o que a gente sabe e o que a gente não sabe. Isso é melhor do que ter um QI elevado".

Munger continuou: "As pessoas avaliam cronicamente mal os limites de seu próprio conhecimento; é uma das partes mais básicas da natureza humana. Conhecer o limite de suas competências é uma das coisas mais difíceis para o ser humano. Reconhecer o que você não sabe é muito mais útil na vida e nos negócios do que ser brilhante".

O executivo mencionou durante a assembleia que cerca de US$ 120.000 "entraram" na sua conta no início da semana, aparentemente de uma distribuição de uma conta de aposentadoria.

Ele disse que não vê nada que valha a pena investir neste momento e que pessoalmente não faz um investimento há pelo menos dois anos. Ele está esperando por uma pechincha irresistível.

"Uma pessoa me disse: 'Tenho uma lista de 300 ações potencialmente atraentes e eu as observo constantemente, esperando que uma delas se torne barata o suficiente para comprar'. Bem, é algo razoável de se fazer. Mas quantas pessoas têm esse tipo de disciplina? Nem uma em cem", disse ele.

Um investimento de sucesso, segundo Munger, requer "essa combinação maluca de sagacidade e paciência, e prontidão para agir quando a oportunidade se apresenta, porque neste mundo, oportunidades não duram muito". Munger mostrou ter esse conjunto de talentos em março de 2009, quando comprou 1,6 milhão de ações daWells Fargo WFC +0.37% para o Daily Journal. Elas valiam na época um total estimado de US$ 8,58 cada. A mesma ação está sendo negociada hoje em torno de US$ 51,70.

"Esperar ajuda você como investidor, e um monte de gente não consegue esperar", disse ele. "Se você não tem o gene que permite adiar a gratificação, você tem que trabalhar duro para superar isso."

Por quanto tempo ele e Buffett, de 84 anos, podem ainda conduzir suas empresas? "Nós estamos cercados por um monte de pessoas inteligentes que não hesitarão em nos ajudar a reconhecer [que é hora de se aposentar]", disse Munger. "Nós não teremos uma senilidade não diagnosticada."

"Em comparação com Warren, eu não tenho muito tempo, estatisticamente falando, de acordo com as tabelas de longevidade", disse ele casualmente.

Munger disse que, depois de falar com investidores por duas horas sem parar, presidiu uma reunião de conselho que durou pelo menos três horas. Homens da metade de sua idade estariam prontos para um cochilo, mas ele não mostrava nenhum sinal de desaceleração.

 


VoltarOrçamento